Buscar
  • Fórum Verde

VITÓRIA DO FÓRUM VERDE! VITÓRIA DE SÃO PAULO!




Na reta final, Covas assina, com ressalvas, carta-compromisso do Fórum Verde e promete, se eleito, elevar orçamento para Meio Ambiente.


  • Assim como Guilherme Boulos, que havia assinado já no primeiro turno, atual prefeito se comprometeu a trabalhar pelo aumento do orçamento da SVMA a 1% do orçamento

  • Candidato diz que faria isso até o final do mandato.

  • Orçamento previsto para 2021 é menor do que o atual.


Além da adesão de sete vereadores eleitos para a Câmara Municipal de São Paulo, a carta-compromisso do Fórum Verde Permanente de Parques Praças e Áreas Verdes, conta agora com a adesão dos dois candidatos a prefeito que estão no segundo turno em São Paulo.

Guilherme Boulos (PSOL) havia assinado a carta ainda no primeiro turno, e Bruno Covas (PSDB) assinou o documento nesta quinta-feira, 26.


A reivindicação do coletivo Fórum Verde, e único compromisso expresso na carta, é de que o percentual do orçamento destinado à Secretaria do Verde e do Meio Ambiente seja de 1% do orçamento, como já foi em 2010.


Porém de lá para cá essa participação despencou para apenas 0,4% do orçamento, insuficiente para dar conta dos mais de cem parques municipais, que chegaram a ter serviços de manutenção e de segurança descontinuados temporariamente em 2019 por falta de recursos.


Ao assinar a carta-compromisso, o atual prefeito escreveu a seguinte mensagem: “Eu, Bruno Covas Lopes, comprometo-me, se eleito, observada a melhoria do quadro fiscal da Prefeitura, a destinar 1% do orçamento municipal, até o final do meu mandato, à Secretaria do Verde e

Meio Ambiente”.


Para Francisco Bodião, da coordenação do Fórum Verde, "ao assumir esse compromisso, Bruno Covas reconhece o esforço do coletivo Fórum Verde, que está insistindo na pauta do meio-ambiente até os momentos finais da eleição. Temos certeza de que em 2021 essa pauta vai retomar seu lugar, porque é uma demanda urgente para a qualidade de vida da cidade.

Seja qual for o prefeito eleito, ele terá que dar atenção a essa área, é uma vitória dos grupos que zelam pelas praças, parques e áreas verdes".


Para Samuel Antenor, também integrante da coordenação, “é importante mencionar que a ressalva feita pelo atual prefeito não justificaria um eventual não cumprimento, por parte dele, do compromisso assumido.

Isso porque, mesmo com o atual quadro fiscal da prefeitura, diversas áreas e secretarias não foram afetadas por cortes ou diminuição no orçamento, ao contrário do que vem ocorrendo com a SVMA, visto que o percentual proposto para 2021 pela atual administração baixou para

0,3%”.


No primeiro turno, a carta-compromisso ganhou a adesão de 39candidatos a vereador de dez partidos diferentes, Cidadania, PCdoB, PDT, Podemos, PSD, PSB, PSDB, PSOL, PT e PV, que participaram das lives promovidas pelo grupo para exporem suas propostas. Desses, sete se

elegeram e terão assento na Câmara no próximo ano.

Entre eles, estão os dois mandatos coletivos eleitos: Bancada Feminista do PSOL-Dafne, Celso Giannazi, Luana Alves, Samara - Quilombo Periférico, Toninho Vespoli (cinco dos seis vereadores eleitos pelo PSOL), Antonio Donato e Eduardo Suplicy (ambos do PT).


Nas justificativas da carta-compromisso, o Fórum Verde afirma a necessidade de "Qualificar, ampliar e capacitar o quadro geral de técnicos da Secretaria do Verde e Meio Ambiente - SVMA, atualmente subdimensionado para uma cidade do porte de São Paulo, com abertura de concursos públicos para admissão de engenheiros, arquitetos e biólogos", além de "Fortalecer as políticas de participação e controle social dos parques urbanos, em todas as suas funções, garantindo inclusive a deliberativa, conforme estabelece a Lei Municipal 15910/2013, que criou os Conselhos Gestores de Parques Urbanos".

Leia a íntegra da carta-compromisso do Fórum Verde, assinada pelos dos candidatos a prefeito de São Paulo, aqui.


110 visualizações0 comentário