Buscar
  • Fórum Verde

Texto de opinião - S.O.S. MANANCIAIS, por Rogério Peixoto



A ideia de "levar empregos para a periferia" como propõe em São Paulo o novo secretário de urbanismo Cesar Azevedo não é nova, vem desde o governo Erundina. Mas foi esse discurso juntamente com outros fatores como o baixo preço da terra e a falta de fiscalização que fez a periferia da metrópole alastrar-se de tal maneira que o cinturão verde foi perdendo espaço a ponto de a cidade avançar sobre esses territórios ambientalmente protegidos causando o desequilíbrio da sua função de resfriamento de temperatura da metrópole e pondo em risco a produção de água e a saúde das represas Billings e Guarapiranga ao sul. Árvores foram sendo derrubadas para dar lugar a novas construções que mais tarde foram contempladas com luz elétrica, água, asfalto, ônibus, etc. ao ritmo do poder de ingerência de vereadores nas subprefeituras da periferia. Muita gente fez carreira política incentivando a ocupação desses territórios longínquos sem importar-se com o dano ambiental decorrente. Hoje porém a realidade é outra e o meio ambiente apresenta-se como o grande paradigma do século 21.


Precisamos recuperar as áreas de mananciais e não "levar empregos" para perto desses locais até porque o comércio é o setor que mais emprega na periferia. A robusta economia da periferia funciona de maneira autônoma, independe de incentivos do governo. Dados da pesquisa "Economia das Favelas - Renda e Consumo nas Favelas Brasileiras" realizada pelos institutos Data Favela e Locomotiva publicados em Janeiro de 2021 informam que as comunidades movimentam R$ 119,8 bilhões/ano.


Quando o poder público leva infraestrutura de transporte e saneamento para longe acaba criando incentivos para que seja derrubado o que resta de matas para dar lugar a habitações, comércio, etc retroalimentando o ciclo. É preciso fazer exatamente o contrário levando a periferia - leia-se habitações HIS - para perto das áreas centrais onde a infraestrutura já está pronta e os empregos também. É a única forma de salvar as áreas de mananciais.


A revisão do Plano Diretor de São Paulo será feita neste ano. É hora de colocar no papel um plano para salvar as áreas de mananciais que estão sendo perdidas para ocupações predatórias.


Rogerio Peixoto - arquiteto e urbanista. Ambientalista do Fórum Verde

43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram